CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Uso de álcool – e não de maconha – pode elevar o risco de psicose

Uso de álcool – e não de maconha – pode elevar o risco de psicose

Eis aqui mais uma daquelas notícias que dá gosto de esfregar na fuça dos caretas que desaprovam a maconha, mas se amarram nuns “bons drink”. Segundo estudo publicado na edição de maio da revista Schizophrenia Research,  o consumo de cannabis – seja lá em qual quantidade ou frequência – não aumenta o risco de psicose em indivíduos com propensão à doença.

Realizado por uma equipe de cientistas dos Estados Unidos e Canadá, o estudo avaliou 170 pessoas com alto risco clínico de psicose (CHR) e que fazem uso de álcool, tabaco e maconha. A análise levou quatro anos para ser concluída e utilizou os parâmetros estabelecidos no Alcohol and Drug Use Scale.

A conclusão indica que o “baixo uso de álcool – e não o uso de cannabis e nem de tabaco – contribuiu para o prognóstico de psicose na amostra CHR”.

Ou seja, chega de hipocrisia! Fumar maconha é comprovadamente mais seguro do que beber, em todas as circunstâncias.

Clique aqui para saber mais sobre os benefícios da erva em relação ao álcool.

 

You may also like
Ciência conclui que é melhor transar chapado do que bêbado
Vaporizar reduz o consumo de substâncias cancerígenas em 64% em apenas duas semanas
Entenda por que o vape é mais seguro do que o cigarro
Sociedade Americana de Câncer apoia a substituição do cigarro pelo vaporizador

2 Responses

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.