CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > THC aumenta sobrevida em casos de lesão cerebral

THC aumenta sobrevida em casos de lesão cerebral


Os canabistas são mais propensos a sobreviverem após um trauma craniano do que os caretas. Pelo menos é o que sugere uma nova pesquisa que atesta mais uma dentre tantas propriedades terapêuticas da maconha

Alvo de constantes falácias proibicionistas, o THC também é repleto de propriedades terapêuticas – embora muito coxinha defensor da liberação parcial da cannabis ainda não aceite isso. De acordo com o estudo publicado no American Journal of Surgery, o tetrahidrocanabinol aumenta as chances de sobrevivência em pessoas que sofreram lesão cebrebral traumática – ou TBI, na sigla em inglês.

De acordo com o autor, Dr. Nguyen Binh Minh, “o objetivo da pesquisa foi estabelecer uma relação entre a presença de uma “toxicologia posivitiva para THC e as taxas de mortalidade após traumas cranioencefálicos”.

Ao todo, foram examinados 446 pacientes, sendo que 18,4% apresentavam o canabinoide no organismo. Os resultados mostraram que apenas 2,4% (dois óbitos) dos maconheiros morreram, em comparação com 11,5% dos caretas (42 óbitos totais).

Sem pestanejar, Dr. Nguyen concluiu que “os testes positivos para THC estão relacionados à diminuição da mortalidade em pacientes adultos que sofrefram trauma cranioencefálico (TCE)”.

Clique aqui para saber mais.

You may also like
Toxicológico: estudo revela que THC permanece no sangue por longos períodos
Extratos de maconha são eficazes no tratamento do câncer, aponta estudo
Pesquisa avalia tolerância à dor em usuários de cannabis
Nova pesquisa aponta eficácia do THC no combate à covid-19

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.