CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > THC aumenta sobrevida em casos de lesão cerebral

THC aumenta sobrevida em casos de lesão cerebral


Os canabistas são mais propensos a sobreviverem após um trauma craniano do que os caretas. Pelo menos é o que sugere uma nova pesquisa que atesta mais uma dentre tantas propriedades terapêuticas da maconha

Alvo de constantes falácias proibicionistas, o THC também é repleto de propriedades terapêuticas – embora muito coxinha defensor da liberação parcial da cannabis ainda não aceite isso. De acordo com o estudo publicado no American Journal of Surgery, o tetrahidrocanabinol aumenta as chances de sobrevivência em pessoas que sofreram lesão cebrebral traumática – ou TBI, na sigla em inglês.

De acordo com o autor, Dr. Nguyen Binh Minh, “o objetivo da pesquisa foi estabelecer uma relação entre a presença de uma “toxicologia posivitiva para THC e as taxas de mortalidade após traumas cranioencefálicos”.

Ao todo, foram examinados 446 pacientes, sendo que 18,4% apresentavam o canabinoide no organismo. Os resultados mostraram que apenas 2,4% (dois óbitos) dos maconheiros morreram, em comparação com 11,5% dos caretas (42 óbitos totais).

Sem pestanejar, Dr. Nguyen concluiu que “os testes positivos para THC estão relacionados à diminuição da mortalidade em pacientes adultos que sofrefram trauma cranioencefálico (TCE)”.

Clique aqui para saber mais.

You may also like
Pesquisadores canadenses acreditam que maconha pode bloquear coronavírus
Justiça autoriza cultivo de maconha para tratamento de tumor cerebral
4 coisas que acontecem quando você mistura cannabis e café
Indústria canábica não é indústria farmacêutica

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.