Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Os benefícios medicinais da maconha tornam-se mais evidentes – e diversificados – a cada dia que passa. Publicado na edição de fevereiro da revista científica NeuroImmune Pharmacology, um novo estudo mostra que a maconha pode ser uma opção eficaz para o tratamento de distúrbios neuroinflamatórios.

Segundo o resumo do artigo, “as doenças neuro inflamatórias crônicas – como a neurodegeneração associada ao HIV – requerem tratamento que diminui a produção de fatores inflamatórios pela ativação de micróglias e macrófagos e proteção da barreira hematoencefália”.

É aí que entram os versáteis – para não dizer milagrosos – canabinoides. “A ativação do sistema endocanabinoide é altamente expressa em macrófagos e células cerebrais endoteliais microvasulares, regulando a inflamação e infecção causadas pelo HIV. Ficou demonstrado que a ativação do receptor de canabinoide CB2 é capaz de amortecer as respostas inflamatórias em macrófagos e células endoteliais”, diz o resumo da pesquisa.

Para os pesquisadores, a conclusão é a de que a maconha pode funcionar como uma opção de tratamento para distúrbios neuro inflamatórios.

Clique aqui para conferir o o estudo na íntegra.

Inscreva-se em nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Você se inscreveu com sucesso