CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > EVENTOS > ExpoCannabis Uruguay 2015 reúne mais de 7 mil participantes

ExpoCannabis Uruguay 2015 reúne mais de 7 mil participantes

/

Desde que regulamentou a maconha, em 2012, o Uruguai se transformou no epicentro da discussão sobre cannabis na América do Sul, passando a sediar importantes eventos do gênero. É o caso da ExpoCannabis Uruguay 2015, ao qual a equipe Maryjuana teve a honra de cobrir pelo segundo ano consecutivo. Misto de feira e conferência, o evento aconteceu entre os dias 5 e 7 de dezembro numa ampla área anexa ao Laboratório Tecnológico (LATU), em Montevideo.

11215853_967175529988465_6896428715796627247_n

Durante os três dias, mais de 7 mil pessoas de diversos cantos do mundo – incluindo muitos brasileiros – passaram pelo evento, o único do gênero (no mundo!) que conta com a participação do Estado.

Além dos Ministérios de Educação e Cultura e Energia e Indústria, a ExpoCannabis também conta com apoio da Junta Nacional de Drogas, do Instituto de Regulação e Controle de Cannabis (Ircca) e do Sindicato Médico do Uruguai, dentre outras entidades sociais e iniciativa privada.

Disposto a se consolidar como uma plataforma de aprendizagem sobre os diferentes aspectos da maconha, o evento apostou num extenso cronograma de palestras com especialistas de todo o mundo.

DMA_5185

A programação cultural também foi caprichada, com direito a música ao vivo na área externa, onde a fumaça cheirosa rolava livre, leve e solta! (No Uruguai, o consumo de maconha em público segue as mesmas regras do tabaco, sendo proibido em espaços fechados. Muito justo!)

Junte a isso aquela buena vibra & tranquilidade típicas dos uruguaios – com direito a muito mate, laricas com doce de leite e brenfa onipresente – e você está diante de um dos eventos canábicos mais democráticos, simpáticos & legalizados do mundo!

Vem comigo conferir alguns dos melhores momentos a seguir – e aguarde que nos próximos dias publicaremos outras entrevistas e reportagens feitas durante o evento.

Foco no medicinal

A edição de 2015 da ExpoCannabis Uruguay focou nos aspectos medicinais da planta. “No ano passado, as palestras sobre maconha medicinal tiveram grande demanda, por isso decidimos focar no tema nesta edição”, disse Mercedes Ponce de León, porta-voz da Uruguay Siembra, entidade responsável pela organização do evento.

FullSizeRender(4)

Uma das palestras mais concorridas foi a da ativista chilena Ana Maria Gazmuri, da Fundação Daya, responsável pelo primeiro cultivo legal de maconha medicinal da América Latina.

Outros destaques foram as palestras do Dr. José Carlos Bouso, sobre farmacologia dos canabinoides, e da Dra. Cristina Sánchez, sobre potencial antitumoral da maconha.

Plantas, muitas plantas!

FullSizeRender(5)

Bastava adentrar o recinto do LATU e o participante já se deparava com a estrela máxima da festa: a maconha!

FullSizeRender(6)

No hall de entrada, uma exposição de plantas cedidas pelos clubes canábicos da região permitia conhecer diferentes espécies e estágios de desenvolvimento, da semente recém-germinada à flor.

Laboratório de Cannabis

DMA_6235

Do outro lado, a área intitulada Laboratório de Cannabis reunia informações científicas e um resumo de sete estudos sobre maconha que estão em andamento nas universidades do Uruguai atualmente.

DMA_6279

Por ali também estavam disponíveis microscópios para que os visitantes observassem de perto os tricomas e demais aspectos das flores.

FullSizeRender(7)

Entre maquetes de moléculas de THC e CBD, o que chamou minha atenção mesmo no Laboratório de Cannabis foram estes aparatos complexos à la professor Pardal.

Pertencentes à Universidade da República (Udelar), os equipamentos são utilizados  em diversas etapas durante a fabricação de extratos de maconha, incluindo instrumentos de destilação e evaporação.

Consultório de Orientação em Cannabis Medicinal

FullSizeRender(8)

Um dos principais destaques da ExpoCannabis Uruguay 2015 foi o Consultório de Orientação em Cannabis Medicinal. Durante todo o período do evento, os participantes interessados puderam tirar dúvidas e obter respostas personalizadas das Dras. Dras. Raquel Peyraube e Julia Galzerano. O serviço foi oferecido em tempo integral e sem custos adicionais. Ao todo, cerca de 100 atendimentos foram realizados.

“Foi impressionante a recepção do público a esta ação de consultoria em cannabis medicinal. Muita gente veio ao evento somente para fazer essa consulta”, disse Mercedes Ponce de León, ressaltando que os atendimentos tinham caráter meramente informativo e não objetivavam fazer nenhum tipo de prescrição.

Mercado efervescente

IMG_9798

Nesta edição, mais de 70 marcas expuseram seus produtos e serviços na ExpoCannabis Uruguay, evidenciando a efervescência do mercado canábico não só no Uruguai, mas em toda América do Sul.

FullSizeRender(9)

Entre os expositores estavam as principais growshops e headshops da região, além de bancos de semente diversos (muitos do Chile), marcas de vestuário, veículos de comunicação e representantes de toda sorte de parafernálias fumetas.

Na segunda-feira (7), quem passou pelo stand da Hortitec – empresa de insumos agrícolas e parafernália, com sede no Chile – também pode participar do pré-lançamento do Maryjuana Coffeecom direito a degustação dos dois primeiros cafés da linha.

Agito cultural e muito fumacê

DMA_6574

Do lado de fora do evento, músicos se revezaram em apresentações durante todos os dias, embalando o subir da fumaça. Entre os presentes, nomes locais como Julieta Rada, Martín Buscaglia, El Gucci, La Ventolera Candombe e Klezmeron Orkestra.

FullSizeRender(11)

No domingo, o público ainda foi surpreendido com a presença-relâmpago do músico Andrew Tosh, filho da lenda Peter Tosh, que faria um show na mesma noite em Montevideo – para onde a maioria dos participantes seguiu assim que a ExpoCannabis encerrou as atividades do dia.

Edição 2016

Para o ano que vem, o público pode esperar uma ExpoCannabis Uruguay ainda maior – e certamente focada em algum outro tema relevante, “a exemplo dos usos industriais da maconha”, revelou Mercedes Ponce de León. “Agradecemos a participação cada vez maior dos brasileiros e convidamos a todos os interessados a comparecerem na próxima edição do evento.”

You may also like
Colômbia autoriza uso industrial da maconha e sua exportação com fins terapêuticos
Argentina legaliza cultivo de maconha com fins terapêuticos
Eventos canábicos virtuais em comemoração ao Dia da Maconha (4/20)
Ministro de Turismo uruguaio é favorável à venda de maconha para estrangeiros

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.