Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Nos EUA, presos serão perdoados por crimes envolvendo maconha

Nos EUA, presos serão perdoados por crimes envolvendo maconha


Espalhe a boa !
  • 81
    Shares
Justiça seja feita: Jay Inslee, governador do estado de Washington, anunciou um programa para perdoar presos e condenados por crimes relacionados à maconha. 

A crescente legalização da maconha nos Estados Unidos está transformado não só as áreas da saúde e economia, mas também o sistema judiciário e a vida de muitas pessoas afetadas pelo proibicionismo do passado.

Com o objetivo de limpar a ficha de pessoas acusadas de crimes relacionados à erva, Inslee divulgou um programa para perdoar presos julgados entre o período de 1998 e 2012. Os casos serão analisados individualmente por uma equipe especializada, que poderá perdoar até 3.500 pessoas detidas no estado.

“Nós não devemos seguir punindo pessoas por algo que não é mais considerado um comportamento ilegal no estado de Washington”, declarou o governador durante um evento estadual sobre a maconha.

Muito além de atualizar o sistema judiciário do estado, Inslee pretende ainda combater o racismo que permeia boa parte dessas prisões. Evidências apontam que a condenação de negros no estado devido a crimes relacionados às drogas chega a ser até 13 vezes maior do que da população branca.

Vale lembrar que Washington foi o segundo estado no país a regulamentar o uso recreativo da maconha, em dezembro de 2012. Desde 1998, o uso com fins medicinais também já era legal por lá.

*Fonte: NBC News

You may also like
Rede de fast food lançará hambúrguer com CBD em comemoração ao Dia da Maconha
Cartunista lança romance gráfico sobre história da proibição da maconha nos EUA
Em Washington, legalização da maconha não aumentou o consumo entre adolescentes
Em Michigan, cães farejadores não serão mais treinados para detectar cannabis

1 Response

  1. Finalmente ler alguma coisa boa a respeito desse País, espero que com essa mudança a situação da população negra encarcerada mude e com uma boa indenização por danos morais.

Leave a Reply