CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Algoritmo português prevê quais os próximos países a legalizar a maconha

Algoritmo português prevê quais os próximos países a legalizar a maconha


O algoritmo considera milhões de dados sobre o contexto religioso, político e econômico de cada país, bem como debates nas redes sociais. No futuro, pode ser usado para avaliar a probabilidade de outras decisões políticas.

Uma consultoria portuguesa, fundada por três professores da Universidade do Porto, criou um algoritmo que prevê quais os próximos países a legalizar a cannabis para uso medicinal ou recreativo. Baseia-se em técnicas de inteligência artificial que permitem analisar uma grande quantidade de dados automaticamente. No total, foram consideradas 98 variáveis distintas que incluem o contexto religioso, político e econômico dos países, bem como a liberdade de imprensa, o índice de desenvolvimento humano e a popularidade de debates na Internet sobre o tema. Todos os dados provém de bases de dados públicas.

“Também entrevistamos especialistas na área para perceber se os resultados do algoritmo faziam sentido. Por exemplo, médicos especialistas em oncologia que usam opioides no tratamento dos pacientes”, explica Pedro Amorim, professor na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que ajudou a fundar a LTPlabs, a empresa de consultoria por detrás do desenvolvimento do algoritmo.

You may also like
Morre Dr. Lester Grinspoon, lendário defensor da legalização da cannabis
Israel abre caminho para a legalização da cannabis
Ação judicial pretende forçar a DEA a reclassificar a cannabis nos EUA
Consumidores de maconha recorrem à dark web na quarentena

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.