Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > BRASIL > Governo tira do ar portal que reunia pesquisas e dados oficiais sobre drogas no Brasil

Governo tira do ar portal que reunia pesquisas e dados oficiais sobre drogas no Brasil


Espalhe a boa !
Segundo especialistas, Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (Obid) era único a compilar levantamentos nacionais e não pode ser acessado desde janeiro.

Criado em 2002 e considerado o único banco de dados oficiais sobre drogas no país, o portal Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (Obid) está fora do ar há seis meses, quando foi transferido do guarda-chuva do Ministério da Justiça para a pasta da Cidadania.

O portal ainda tem sua descrição guardada no histórico do site do Ministério da  Justiça . Lá, o portal Obid é descrito como “responsável por gerir e disseminar informações confiáveis e científicas sobre drogas” e como “um canal de armazenamento de dados sobre drogas, incluindo pesquisas realizadas pela Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas), estatísticas e indicadores”.

O Ministério da Cidadania informou que o Obid passou ao escopo da pasta de Osmar Terra por meio de decreto assinado no dia 2 de janeiro. O órgão, no entanto, não disse quando o portal foi tirado do ar. Usando a ferramenta Way Back Machine , banco de dados digital que arquiva mais de 475 bilhões de páginas da web, o GLOBO apurou que a última movimentação na página do Obid se deu no dia 8 de janeiro.

Em resposta à reportagem, o Ministério da Cidadania afirmou apenas que “o portal está sendo migrado e atualizado”, mas não informou quando será reativado.

*Fonte: O Globo

Que tal turbinar a sua mente?

O conteúdo deste site foi criado por mentes turbinadas com café (Mary4:20)! 

SAIBA MAIS

You may also like
Senado aprova retrocessos na política nacional de drogas
Projeto de Osmar Terra sobre drogas avança no Senado e pode ser votado amanhã
Temendo retrocessos nas políticas de drogas, entidades manifestam-se contra PLC 37/2013
Nova política de drogas, uma jogada sangrenta

Leave a Reply