CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > ATIVISMO > Marcha da Maconha São Paulo 2019 leva milhares à ruas da capital paulista

Marcha da Maconha São Paulo 2019 leva milhares à ruas da capital paulista


As ruas dão uma prensa no STF pela descriminalização e pelo fim da guerra às drogas durante a Marcha da Maconha São Paulo 2019. 

Uma das maiores manifestações populares do Brasil, a Marcha da Maconha levou milhares de pessoas às ruas do centro de São Paulo neste sábado (1/6).

Entre as reivindicações do movimento está a legalização da maconha e a descriminalização do consumo pessoal de tal substância, pedindo o fim da guerra às drogas no país.

O Supremo Tribunal Federal (STF) deveria retomar a análise para decidir se descriminaliza ou não o consumo pessoal de substâncias consideradas ilícitas, mas a decisão acabou sendo adiada na última quinta-feira.

O STF começou a debater o assunto em 2015, mas a sessão foi suspensa por tempo indeterminado quando três dos 11 juízes que integram o plenário já tinham votado a favor da descriminalização do porte e consumo pessoal de drogas.

O que se discute é a constitucionalidade ou não do artigo 28 da Lei das Drogas, que prevê penas para “quem adquirir, guardar, ter em depósito, transportar ou levar consigo” drogas ilegais para consumo pessoal.

Neste sentido, sob o lema “Para o povo vivo e livre — legalize”, milhares de pessoas percorreram neste sábado a Avenida Paulista para pressionar os juízes do STF para que, pelo menos, descriminalizem o consumo pessoal.

*Texto: Gustavo Oliveira

**Fotos: Gustavo Oliveira/Fotógrafos Ativistas

Que tal turbinar a sua mente?

O conteúdo deste site foi criado por mentes turbinadas com café (Mary4:20)! 

SAIBA MAIS

 

You may also like
Associação oferece CBD para médicos na frente de combate ao coronavírus
Luís Carlos Valois: “A hipócrita proibição da maconha em tempos de pandemia”
“Weed Mi Love”: confira o novo som da banda paulistana Microdub
Justiça Federal autoriza família a plantar maconha em Cuiabá

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.