CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > BRASIL > Empresa obtém autorização judicial para cultivo de cânhamo no Brasil

Empresa obtém autorização judicial para cultivo de cânhamo no Brasil


Após a decisão da Anvisa que autorizou a fabricação de medicamentos derivados da Cannabis, o juiz federal Renato Coelho Borelli, da Nona Vara Civil de Brasília, autorizou uma empresa a cultivar e comercializar fibras e folhas de cânhamo no Brasil.

A empresa havia ingressado com a ação antes da decisão da Anvisa. Mas o juiz considerou a liberação da Agência para aceitar o pedido.

A medida só autoriza uma empresa a explorar o plantio da maconha industrial que deve ser fiscalizado pelo Ministério da Agricultura e pela Anvisa.

O juiz destaca que esta variação da planta tem baixo teor de THC, substância psicoativa da erva. Assim, ela só pode ser usada para fabricação de medicamentos e uso da fibra da planta pelas indústrias.

O cânhamo industrial já é explorado em diversos países e tem projetos no Congresso Nacional buscando sua regulamentação.

Além da área farmacêutica, ele pode ser usado para produção de roupas, calçados, papel, produtos de beleza e de limpeza, entre outros.

O juízo alega que omissão do poder público na regulamentação do plantio desta espécie de cannabis resulta ainda ofensa à ordem econômica e ao direito à saúde, impossibilitando o avanço destes setores.

*Fonte: EBC

O conteúdo deste site foi criado por mentes turbinadas com café (Mary4:20)! 

 

You may also like
Deputado propõe que Embrapa controle o plantio de cannabis no Brasil
Minicérebros auxiliam testes de diferentes tipos de cannabis
Justiça autoriza paciente a plantar maconha em Porto Alegre
Carlos Santana lança marca de cannabis

1 Response

  1. regis moisés

    já tinha que ter liberado o plantio, eu como tenho salario de passa fome não vou dar conta de comprar o canabidiol e ai

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.