CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Deputados propõem legalização da maconha medicinal na Argentina

Deputados propõem legalização da maconha medicinal na Argentina


Enquanto o Brasil avança a passos lentos – e burocráticos – no que diz respeito à legalização da maconha para fins medicinais, a Argentina também se movimenta em relação ao tema.

Através da deputada kirchnerista Diana Conti, um grupo de deputados de diferentes blocos da oposição apresentou um projeto de lei que permite o uso terapêutico da cannabis, segundo o jornal La Nación. A proposta conta ainda com o apoio de líderes de associações da sociedade civil e especialistas da área de saúde.

A iniciativa propõe a inclusão de um artigo na lei de drogas argentina, permitindo o cultivo e a produção da cannabis no país “desde que para fins terapêuticos ou para a investigação de sua eficácia como medicamento terapêutico, controle dos sintomas ou cuidados paliativos”.

Ao contrário dos debates anteriores sobre a descriminalização da posse de drogas para consumo pessoal, o projeto apresentado no dia 21/3 visa exclusivamente o uso de substâncias derivadas de maconha no tratamento paliativo de doenças complexas como a epilepsia refratária , esclerose múltipla, alguns tipos de cancro e infecção por HIV (HIV).

Mas, de acordo com a reportagem, as perspectivas não são as melhores para os usuários de maconha medicinal. Sem apoio do oficialismo, “será difícil que o debate avance no recinto”.