CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTIVO > 5 tipos de maconha para tratar a ansiedade

5 tipos de maconha para tratar a ansiedade


Não seria exagero dizer que a ansiedade é o “mal do século”.

Segundo dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 33% da população mundial sofre com o transtorno, que engloba uma série de distúrbios como síndrome do pânico, fobias diversas, transtorno obsessivo-compulsivo e síndrome de estresse pós-traumático.

Caracterizada pelo medo persistente, a ansiedade acarreta diversos problemas e prejuízos à vida pessoal e profissional de seus portadores. Tensão muscular, dificuldade para dormir e preocupação excessiva são alguns dos outros sintomas causados pela doença

Como a maconha pode ajudar os ansiosos

Historicamente associada ao efeito de relaxamento, a cannabis pode ser uma excelente opção de tratamento para a ansiedade.

Mas, como a erva também é conhecida por desencadear reações de paranoia em algumas pessoas, é fundamental escolher o tipo certo de maconha para tratar a ansiedade, dando preferência às strains com menos THC e mais CBD.

A seguir, conheça 5 tipos de maconha indicados para os ansiosos:

1) Harlequin

harlequin_allbud

Desenvolvida a partir de cepas tradicionais como Colombian Gold e Thai, além de sativas provenientes da Suíça, a Harlequin é uma sativa dominante (75%/25%) que se destaca pelo expressivo teor de CBD (cerca de 13%) e menos de 5% de THC. Com predominância de mirceno, tem sabor de manga com notas terrais e amadeiradas. Ajuda a produzir o relaxamento necessário para reverter quadros de ansiedade aguda e crônica.

2) Bubba Kush

bubba_kush

Em meio a controvérsias sobre sua origem exata, o que se diz por aí é que a Bubba Kush descende da Hindu Kush, considerada a landrace “mãe” de toda a linhagem “kush”. Indica por excelência, esta variedade de maconha possui cerca de 16% de THC. Com sabor adocicado, possui efeitos relaxantes capazes de aplacar a ansiedade nem que seja na base do sono – e da larica. Resistente às pragas e de fácil cultivo, a Bubba Kush é ideal para jardineiros em início de carreira e sucesso garantido para os mais experientes.

3) Charlotte’s Web

charlotes

Há quem diga que a Charlotte’s Web consiste na variedade de maconha com maior teor de CBD do mundo – em média 20% – além de possuir menos de 0,5% de THC. Ideal para crianças, a strain surgiu pelas mãos dos cultivadores Stanley Brothers, do Colorado (EUA), que a batizaram em homenagem à garotinha Charlotte Figi, portadora da Síndrome de Dravet, que causa severas convulsões. Com mínimos efeitos psicoativos, trata-se do tipo de maconha ideal para quem deseja combater os sintomas da ansiedade sem correr o risco de ficar “chapado”.

4) Harle-Tsu

harlestu

Outra variedade de cannabis rica em CBD, a Harle-Tsu consiste numa obra-prima do banco de sementes Southern Humboldt Seed Collective, da Califórnia. Cruza da já citada Harlequin com Sour Tsunami, é indicada para tratar nervosismo, estresses, dores e inflamações sem efeitos psicoativos. O teor de CBD pode variar até 20%, com proporção de CBD/THC de 20:1.

5) Purple Diesel

purplediesel

Desenvolvida pelo banco de sementes norte-americano Cali Connection, a Purple Diesel é uma variedade híbrida que combina os efeitos energéticos das sativas ao relaxamento típico das indicas. Ideal para ser consumida durante o dia esta strain produz a euforia necessária para combater o pessimismo dos ansiosos. Cruza de Pre-98 Bubba Kush e Sour Diesel, possui sabor pungente e adocicado, com notas químicas que remetem a combustível, conforme sugerido pelo nome.

*Fotos: Allbud, Frosted Leaf e Dinafem