CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Canabinóides podem ser a chave para a cura do câncer de pele

Canabinóides podem ser a chave para a cura do câncer de pele


A planta mais polêmica da história, a maconha, parece ser mesmo a chave para a cura da doença mais temida pela humanidade, o câncer.

Pelo menos é o que fica evidente ao acompanhar as pesquisas científicas sobre o tema. Desta vez são os portadores de câncer de pele que podem se animar com a notícia: um estudo realizado pelo Tokyo Metropolitan Institute of Public Health descobriu que os canabinoides podem reduzir a doença em até 90% num período de até vinte semanas.

A conclusão do estudo foi de que “os canabinoides sintéticos, tais como JWH-018, -122 e -210 podem ser utilizados como agentes quimiopreventivos do câncer no futuro”.

Publicada na mais recente edição da revista científica Journal of Pharmacy and Pharmacology, a pesquisa avaliou os efeitos dos canabinoides sintéticos nos processos de inflamação e carcinogênese em camundongos.

Embora o estudo tenha testado apenas a substância em sua forma sintética, estima-se que o composto proveniente da natureza seja ainda mais potente e eficaz.

Os ratinhos recebem doses da droga por vinte semanas, período em que foram observadas redução de até 90% do câncer de pele, bem como a “inibição da propagação de tumores”.

*Fonte:  Journal of Pharmacy and Pharmacology 

You may also like
Pesquisadores canadenses acreditam que maconha pode bloquear coronavírus
Justiça autoriza cultivo de maconha para tratamento de tumor cerebral
4 coisas que acontecem quando você mistura cannabis e café
Pacientes com câncer trocam opioides por maconha