CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > MAIS LIDAS > Dr. Bud responde: por que às vezes a maconha causa “teto preto”?

Dr. Bud responde: por que às vezes a maconha causa “teto preto”?


Eis aqui uma questão que diversos leitores me fazem: por que, em certos casos, a maconha provoca sensação de “teto preto”?

Eu mesma já vi amigos passando por isso, assim como também experimentei a sensação algumas (poucas) vezes, então decidi investigar os processos biológicos por trás do fenômeno. Para isso, recorri à ajuda de um amigo médico & canabista que, por temer a repressão dos caretas, prefere manter seu nome em sigilo.

Primeiramente, o cardiologista Dr. Bud* explica que o popular “teto preto” inclui sensações de tontura, palidez, enjoo, perda da consciência e fraqueza, que podem culminar num desmaio momentâneo. Em casos extremos, podem acontecer até tremores, vômitos ou convulsões.

“O primeiro sintoma é a palidez”, diz ele, ao mencionar que, em inglês, o fenômeno é chamado de “white-out”. Já em português, o termo “teto preto” faz menção a outro sintoma comum: o turvamento da visão.

A reação é causada geralmente por hipotensão, ou seja, a queda brusca da pressão arterial – que pode acontecer por diversos motivos, e não exclusivamente ao fumar um. “A ligação entre a cannabis e a hipotensão é conhecida e tem sido estudada, embora não haja nenhuma conclusão definitiva a respeito”, aponta.

COMO EVITAR 

Dr. Bud lembra ainda que, para evitar o “teto preto”, o ideal é moderar o consumo da erva, especialmente as pessoas com quadros pré-existentes de hipotensão . “Evite o uso demasiado e reconheça seus limites”, indica. Estar bem alimentado e hidratado também ajuda a evitar a queda de pressão, pois a hipoglicemia pode ocasionar o transtorno.

A combinação de maconha com bebidas alcoolicas aumenta a predisposição ao distúrbio e, portanto, deve ser evitada especialmente pelos canabistas nível junior. “Prensar” a fumaça demais nos pulmões também pode facilitar o “teto preto” por interromper a oxigenação. Doenças, cansaço e até mesmo condições climáticas muito úmidas ou quentes são outras possíveis causas.

Redobre os cuidados quando for experimentar novas – e mais potentes – variedades de fumo. “Haxixes e concentrados podem aumentar ainda mais a chance de hipotensão, principalmente se você não está habituado a consumi-los, então vá com mais calma ainda”, recomenda Dr. Bud.

Além disso, o uso de bongs e a prática do dab também propiciam a queda de pressão nos mais desavisados.

O QUE FAZER

Se mesmo assim o “teto” bater, não entre em pânico: sente-se, respire fundo, tome uma água e tente, assim que possível, comer alguma coisa. “O teto preto causado por maconha costuma passar rápido e não oferece maiores riscos ou efeitos a longo prazo”, ressalta Dr. Bud.

* nome fictício; pseudônimo de um experiente cardiologista & canabista formado por uma das mais importantes universidades brasileiras de Medicina. Com 20 anos de profissão e de fumaça, ele adora pesquisar as relações entre canábis e saúde. Responsável por um movimentado consultório em algum canto qualquer, por motivos óbvios ele prefere ser identificado apenas como Dr. Bud, “até que a maconha seja finalmente legalizada”, como costuma dizer. Nas horas vagas, é o consultor MaryJuana para assuntos medicinais em geral. 

You may also like
10 rolês onde só um vaporizador de ervas pode te salvar
4 maneiras de compartilhar maconha em tempos de coronavírus
Carnaval de Olinda terá primeira Casa de Redução de Danos do país
Pesquisadores franceses testam eficácia dos cigarros eletrônicos

85 Responses

  1. Ricardo

    QUANDO FUMO DE MAS FICO OUVINDO VOZES E QUANDO VEJO ALGUEM NA RUA PENSO QUE E ALGUEM DE MINHA FAMILIA ISSO E NORMAL ?

  2. Eduarda

    Eu me pergunto, tive realmente “teto-preto”?
    Alguns meses atrás, eu estava em um grupo de amigas e fumamos. Porém, eu fui a que mais fumei e a única que não tinha comido nada em tal dia.
    Quando eu me levantei pra correr, de repente senti algo diferente, pequenas alucinações, e enxergava pouco do mundo “real”. Tremedeiras, e claro eu com medo por ser a primeira vez, estava nervosa e tudo isso piorou. Logo então, comecei a ouvir.. ouvi minha amiga dizendo algo sobre teto e logo por ouvir mil histórias antes, me desesperei. Achando que eu estava diferente em relação ao estado físico e emocional. Na mesma hora todas me levaram para um prédio e então botaram água na minha nuca, pulso, rosto e bebi muita água também, comi certas coisas. E foi melhorando, a tal visão preta, passou e eu retomei o sentido. Melhorei e tal, após isso não fumei mais… e isso tudo puxou a minha queda de pressão, e também vou ter que fazer uma serie de exames, de sangue, de coração, de cabeça pra saber se isso pode ser alguma doença. Ah, e como eu disse isso afetou minha pressão e eu não posso mais ficar muito tempo sem comer. Após o famoso “teto preto” tive uma série de desmaios, por ficar sem comer, muito tempo no sol. Quero saber se realmente tem haver, o teto com a queda de pressão, ou seu é alguma doença.

    Ahhhh, e que experiência louca. “Quem não fuma, não vê o mundo girar”

  3. juarez

    ja tive esse tal de teto preto duas vezes,creio que ele seja causado porque a canabis parece queimar o açucar no sangue e então surge a hipoglicemia fazendo a pressão arterial subir por falta de glicose,essa é minha teoria pessoal,visto que nas duas vezes eu comi um chocolate e logo voltei ao normal,a agua tb ajuda.

  4. Isso acontece comigo direto, normalmente a acontece quando eu nao me alimento direito e ando muito, como foi hj.
    do nada a visão começa a ficar destorcida, vai ficando prata, e apago… mas esse “teto preto” passa apos alguns minutos como todos sitaram, eu chego a ficar 1 hra, 1 hra e meia.
    sera q é normal por eu ter 15 anos ou é um problema q eu tenho, coisa do organismo?

    obs: msm qnd eu baforo ou xapo o globo eu nao fico assim, acho q é coisa de queda de pressão msm

  5. Isso acontece comigo direto, normalmente a acontece quando eu nao me alimento direito e ando muito, como foi hj.
    do nada a visão começa a ficar destorcida, vai ficando prata, e apago… mas esse “teto preto” passa apos alguns minutos como todos sitaram, eu chego a ficar 1 hra, 1 hra e meia.
    sera q é normal por eu ter 15 anos ou é um problema q eu tenho, coisa do organismo?

    obs: msm qnd eu baforo ou xapo o globo eu nao fico assim, acho q é coisa de queda de pressão msm

  6. Essa parada aconteceu comigo já três vezes, agora, pelo menos eu sei o porquê. Nunca aconteceu d’eu cair não, mas sempre tudo fica preto e dá uma tontura do caralho, na primeira vez foi extremamente desesperador, a sorte é que eu tava na casa de um brother onde pude ficar até melhorar (o que foi bastante rápido).

    Anos depois, na segunda vez eu também tava na casa de um brother e foi uma bad do caralho. Minha cabeça pesou horrores e novamente veio um apagão tenso. Nessa eu não desmaiei também, mas senti que chegou muito perto, eu não conseguia nem ficar em pé, com o corpo todo mole, a cabeça pesando e uma bad psicológica pesada mesmo, uns pensamentos de merda. Foi horrível.

    Há duas semanas atrás eu tive meu terceiro teto preto, mas dessa vez como eu já tinha passado pela experiência consegui ficar calmo e sentei até o efeito passar (que durou cerca de 10/15 minutos). Sentei no chão (tava na universidade) expliquei o que aconteceu pro meu amigo que tava papeando comigo e respirei fundo. É interessante também, e isso o artigo não diz, você ter uma companhia pra te auxiliar a passar por esse período de tempo. Na primeira vez é simplesmente desesperador e parece que o cara vai morrer, é uma sensação horrível mesmo. Ter uma pessoa pra lhe acalmar e cuidar de você – ou pelo menos pra lhe ajudar a passar por esse período de tempo – é o ideal nessa hora, mas se isso acontecer com você só, deite-se/sente-se e espere o tempo passar.

    O bom é que eu tinha tido três vezes isso e não fazia a mínima ideia do que era – nada fazia sentido pois a primeira vez foi com um solto gigante, e as outras duas com prensados finos, eu já ia colocar a culpa no prensado que vem muito químico sempre, mas ai lembrei que a primeira vez (e a mais forte) foi com solto.

    Ser hipotensão tem muito mais lógica. E agora eu sei como evitar isso, fazendo esse flashback eu me toquei que nas três vezes eu tinha passado praticamente o dia inteiro sem comer e fui fumar. Imbecilidade absurda. Mas pelo menos isso serviu pra aprender e não mais acontecerá 😀

  7. Essa parada aconteceu comigo já três vezes, agora, pelo menos eu sei o porquê. Nunca aconteceu d’eu cair não, mas sempre tudo fica preto e dá uma tontura do caralho, na primeira vez foi extremamente desesperador, a sorte é que eu tava na casa de um brother onde pude ficar até melhorar (o que foi bastante rápido).

    Anos depois, na segunda vez eu também tava na casa de um brother e foi uma bad do caralho. Minha cabeça pesou horrores e novamente veio um apagão tenso. Nessa eu não desmaiei também, mas senti que chegou muito perto, eu não conseguia nem ficar em pé, com o corpo todo mole, a cabeça pesando e uma bad psicológica pesada mesmo, uns pensamentos de merda. Foi horrível.

    Há duas semanas atrás eu tive meu terceiro teto preto, mas dessa vez como eu já tinha passado pela experiência consegui ficar calmo e sentei até o efeito passar (que durou cerca de 10/15 minutos). Sentei no chão (tava na universidade) expliquei o que aconteceu pro meu amigo que tava papeando comigo e respirei fundo. É interessante também, e isso o artigo não diz, você ter uma companhia pra te auxiliar a passar por esse período de tempo. Na primeira vez é simplesmente desesperador e parece que o cara vai morrer, é uma sensação horrível mesmo. Ter uma pessoa pra lhe acalmar e cuidar de você – ou pelo menos pra lhe ajudar a passar por esse período de tempo – é o ideal nessa hora, mas se isso acontecer com você só, deite-se/sente-se e espere o tempo passar.

    O bom é que eu tinha tido três vezes isso e não fazia a mínima ideia do que era – nada fazia sentido pois a primeira vez foi com um solto gigante, e as outras duas com prensados finos, eu já ia colocar a culpa no prensado que vem muito químico sempre, mas ai lembrei que a primeira vez (e a mais forte) foi com solto.

    Ser hipotensão tem muito mais lógica. E agora eu sei como evitar isso, fazendo esse flashback eu me toquei que nas três vezes eu tinha passado praticamente o dia inteiro sem comer e fui fumar. Imbecilidade absurda. Mas pelo menos isso serviu pra aprender e não mais acontecerá 😀

  8. Ai caras, não seis se vocês tiveram o mesmo raciocinio que eu, porém, essa queda de pressão só pode estar ligada com o fato da pessoa prensar a fumaça. Quando prensamos, não entra ar no corpo e ainda forçamos muitas veias e artereas, O resultado disso só pode ser essa tal de “tela preta”.

  9. Ai caras, não seis se vocês tiveram o mesmo raciocinio que eu, porém, essa queda de pressão só pode estar ligada com o fato da pessoa prensar a fumaça. Quando prensamos, não entra ar no corpo e ainda forçamos muitas veias e artereas, O resultado disso só pode ser essa tal de “tela preta”.

  10. Ganjah MC

    eu fumo a 3 anos e até hoje só tive um teto preto/desmaio… foi a caminho da paria quando eu e meu colega de trampo estavamos voltando de mais um longo dia de trampo ai resolvemos apertar um na praia pegando uns peso, mas o pior nem foi isso eu eu já estava a 7 horas sem comer desde as duas e já 21:00h ele ainda me avisou, mas eu fui teimoso e não deu outra…

    no meio de um papo entre eu, ele e um maromba que tava lá com nós a nave tava começando a bater já, as luzes dos refletores estavam começando a ficar verde e minha audição parecia estar ampliamente aguçada ouvia até a conversa das pessoas parada no trânsito e tudo mais, até que quando tudo estava embranquecendo e eu vi que ia desmaiar fiz a maior burrada da vida, levantei da cadeira de onde era pra eu estar sentadinho e desmaiado e fui pra longe deles pra eles não perceberem que eu tava mal ai que do nada tudo se apagou e eu cai de boca numa guia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    a pior merda a sorte é que não perdi nenhum dente, mas fiz um rombão no lábio inferior por dentro pelo atrito do dente + guia+ beiço, deu merda fiquei apagado no chão por uns 3 a 5 segundos eviram eu caido e foram ajudar a boca toda sangrando, lezão, fraco e nem conseguia falar direito, não tinha forças nem pra segurar um copinho de café que o vendedor me ofereceu de graça kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ai fui pro hospital levei ponto no beiço fiquei uma semana sem fumar e só comendo sopinha, pegue 1 dia de atestado vejam só ¬¬ (não, não contei a verdade pro médico senão nem atestado ele iria dar) e depois de uma semana tava eu fumando de novo, e nunca mais me deu desmaiou, algumas vezes umas BAD e ameaças mas nada demais, hoje em dia BAD só com maconha forte ou em muuuuita quantidade (ex. charutos) mesmo assim nada que me corra riscos de novo até porque o corpo já acostumou e eu sempre me alimento antes de fuma um É DE LEI!

    *DETALHE: ninguém da minha familia e namorada sabe realmente o que aconteceu no dia em que eu me espatifei kkkk

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.