CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > BRASIL > Mais da metade dos brasileiros aprova legalização da maconha medicinal

Mais da metade dos brasileiros aprova legalização da maconha medicinal

Vai ter muito coxinha contestando esses dados, mas eis que – finalmente! – começam a surgir as primeiras pesquisas que comprovam a aprovação dos brasileiros em relação à maconha. É o caso desse levantamento recente feito pela Expertise, empresa especializada em inteligência  de mercado com sede em Belo Horizonte (MG), que atesta: 57% dos brasileiros são a favor da legalização da maconha para fins medicinais, contra 37% que não apoiam a ideia. Além disso, 26% da população diz que já experimentou a erva e 4%  dizem fumá-la diariamente, enquanto 74% juram que são caretas por natureza e nunca fumaram.

expertise

A coleta de dados foi feita pela internet através da plataforma Heap Up e envolveu 1.259 pessoas de todas as regiões do país, de 18 a 55 anos. Além das perguntas sobre uso, fins e perigos à saúde, a pesquisa enveredou pelo âmbito familiar da questão.  Seis em em cada dez entrevistados afirmaram ter parentes e/ou amigos próximos que fumam maconha. Entretanto, se descobrissem que o filho (a) fuma, mais da metade orientaria a parar – e apenas 5% se mostraram indiferentes (ou coerentes) e não os proibiriam de usar. 

Falando em saúde,o estudo propôs algumas comparações com outras substâncias lícitas – e aí se descortina toda a ignorância causada por anos de proibicionismo: 78%dos entrevistados consideram a maconha tão ou MAIS prejudicial que as bebidas alcoólicas e 74% afirmam que ela é tão ou mais nociva do que o cigarro – o que contraria algumas das mais recentes pesquisas na área e escancara o nível geral de desinformação sobre o tema. 

Christian Reed, um dos responsáveis pela pesquisa, diz que um dos pontos que mais chamou sua atenção nos resultados foi a diferença das respostas entre quem já fumou e quem nunca experimentou a maconha. “Fica claro que as opiniões são muito divergentes e que o assunto ainda é polêmico. Não há um consenso entre a população, o que só comprova que está mais do que na hora de se iniciar um amplo debate sobre o tema”, aponta. Ouça a entrevista completa que Reed concedeu à Rádio CBN clicando aqui. 

Então bora estudar e se informar para provar aos caretas que maconha é só benefício!

Clique aqui para ver a pesquisa completa. 

You may also like
Política de drogas brasileira é a pior do mundo, aponta relatório internacional
Cinemas do Ceará serão obrigados a exibir vídeos proibicionistas antes de todas as sessões
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
New Orleans aprova medidas para descriminalizar o uso de maconha

1 Response

  1. Luis Henrique Santos do Espírito Santo

    Justo seria que o álcool e o cigarro TB fosse proibido aí seria justo para todos

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.