CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Senado da Colômbia aprova legalização da maconha medicinal

Senado da Colômbia aprova legalização da maconha medicinal

/

O debate sobre cannabis medicinal está cada vez mais aquecido na Colômbia. Apenas um mês após o presidente Juan Manuel Santos anunciar que assinaria um decreto legalizando a posse e cultivo de maconha para fins terapêuticos, agora o Senado colombiano saiu na frente e já aprovou a legislação que regulamentará a erva.

A medida, que foi aprovada por 46 votos a 6, inclui a abertura de dispensários e cultivos licenciados, segundo reportagem da Telesur. Antes de entrar em vigor, a proposta ainda será debatida na Câmara dos Deputados no início do ano que vem.

De acordo com o projeto de lei, os ministérios da Justiça, da Saúde e da Agricultura – reunidos no Conselho de Narcóticos – assumiriam a atribuição de distribuir as licenças para os cultivadores de maconha.

Ao apresentar a medida, o senador liberal Juan Manuel Galan argumentou que a legalização vai ajudar milhões de pessoas que sofrem de dor, esclerose múltipla, AIDS ou câncer. “A maconha inibe náuseas, ajuda a recuperar o apetite, aumenta a qualidade de vida e alivia a dor . hoje, os pacientes ganharam”, comemorou Galan ao final da votação.

Atualmente, já é permitido cultivar até 20 plantas de maconha em casa na Colômbia – e a maconha medicinal também já está razoavelmente disponível no país. No entanto, a expectativa é que a nova lei facilite ainda mais o acesso à erva, além de prever a produção nacional dos insumos.

You may also like
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha
Empresa colombiana contrata mães solteiras para a produção de maconha
Ministro Barroso divulga vídeo com defesa de descriminalização da maconha
Deputado francês leva baseado ao Parlamento durante debate sobre legalização da maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.