CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Maconha recreativa é liberada na Califórnia

Maconha recreativa é liberada na Califórnia


O ano de 2018 começou mais verde do que nunca na Califórnia, que no dia 1º de janeiro deu início às vendas de cannabis com fins recreativos.

O estado, pioneiro ao autoriza o uso medicinal da erva, corresponde ao maior mercado canábico legal do mundo, com previsão de arrecadação de US$ 1 bilhão ao em impostos, segundo reportagem da agência Reuters.

A partir de agora, os californianos com mais de 21 anos de idade podem portar até 28 gramas e cultivar no máximo seis pés de maconha.

Dessa forma, a nossa querida Califa tornou-se o sexto estado dos Estados Unidos – e, de longe, o mais populoso, com seus 39,5 milhões de habitantes – a ousar ir além da legalização do uso medicinal da erva, permitindo a livre comercialização da erva entre adultos.

Colorado, Washington, Oregon, Alaska e Nevada foram pioneiros ao permitir as vendas de cannabis com fins recreativos.

Com a inclusão da Califórnia na lista de estados legalizados, mais de um em cada 5 norte-americanos agora residem em locais onde a cannabis recreativa é legal. Ainda assim, a erva segue sendo taxada como uma droga ilegal sob a lei federal dos EUA.

[Foto: Reuters]

Na cidade de Oakland, os clientes ávidos por fazerem suas primeiras compras fizeram fila em frente ao famoso dispensário Harborside Health Center.

De acordo com o guia de estabelecimentos autorizados GreenState, publicado pelo San Francisco Chronicle, cerca de quase 50 lojas em toda a Califórnia já estão prontas.

Ao longo do ano, espera-se a abertura de centenas de outros estabelecimentos no Estado.

Fotos: Reuters

You may also like
Canadá quintuplica exportações de óleo de cannabis em 2019
Governador de Nevada propõe perdão aos condenados por porte de maconha
High Times inaugura rede de dispensários em Michigan, nos EUA
Ação judicial pretende forçar a DEA a reclassificar a cannabis nos EUA

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.