Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Menina de 5 anos é autorizada a levar cannabis medicinal para escola na Califórnia

Menina de 5 anos é autorizada a levar cannabis medicinal para escola na Califórnia


Na Califórnia, uma garotinha de 5 anos ganhou permissão especial para levar maconha medicinal para a escola.

Portadora de síndrome de Dravet – uma forma rara de epilepsia – Brooke Adams, de 5 anos, utiliza óleo de cannabis no tratamento da doença. Sem o medicamento, a pequena não consegue frequentar as aulas, pois as severas convulsões ocorrem subitamente.

Por este motivo, a criança deve carregar o óleo de maconha consigo o tempo todo, segundo explicou sua mãe, Jana Adams, ao The Press Democrat.

Tal situação tornou-se problemática assim que Brooke iniciou sua vida pré-escolar, transformando-se numa verdadeira disputa jurídica entre o Distrito Escolar de Rincon Valley e a família Adams.

No início do ano, o Distrito Escolar impediu Brooke de trazer sua medicação para a escola, alegando barreiras estaduais e federais que proíbem a presença de maconha medicinal nas escolas. Os advogados que representam a família da criança dizem que a postura do Distrito viola as regras que protegem os alunos com deficiências.

Ordem judicial

Na segunda-feira (13/8), a garotinha finalmente pôde iniciar as aulas na pré-escola sob ordem judicial que lhe permite frequentar a escola enquanto um juiz decide se o Distrito Escolar de Rincon Valley pode proibir a medicação.

A ordem permite que Brooke leve seu óleo de cannabis para a escola e exige que uma enfermeira esteja disponível para administrar a medicação à menina, se necessário.

Com a recente aprovação pela FDA de um remédio à base de maconha para tratamento da epilepsia, é provável que muitas outras escolas nos Estados Unidos sejam acusadas por práticas discriminatórias caso tentem impedir que alunos, como Brooke, frequentem as aulas.

You may also like
Havaí é o 26º estado americano a descriminalizar a maconha
Harborside inaugura drive-thru de maconha no sul da Califórnia
Agentes de saúde divulgam marcas de vapes vinculadas a casos de doença pulmonar
GKUA: conheça os produtos da nova marca canábica de Lil Wayne

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.