Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Governador de NY diz que legalizar uso recreativo de maconha será prioridade em 2019

Governador de NY diz que legalizar uso recreativo de maconha será prioridade em 2019


Espalhe a boa !
  • 441
    Shares
O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse nesta segunda-feira (17) que a legalização do uso da maconha para fins recreacionais será uma de suas prioridades no próximo ano.

A medida, se aprovada, incluirá Nova York na seleta lista de 10 estados americanos e o Distrito de Colúmbia que legalizaram a planta.

As compras ilegais de maconha no estado são estimadas entre 6,5 milhões e 10,2 milhões de onças (algo entre 184 e 290 toneladas), segundo relatório do Departamento de Saúde do Estado de Nova York divulgado em julho.

A um preço de US$ 270 (cerca de R$ 1.050) a US$ 340 (cerca de R$ 1.300) por onça (28 gramas, aproximadamente), o mercado ilegal de maconha geraria de US$ 1,7 bilhão (R$ 6,6 bilhões) a US$ 3,5 bilhões (R$ 13,7 bilhões) por ano pelo mesmo departamento.

Se houvesse uma taxação entre 7% e 15% sobre o produto, as receitas do estado poderiam variar de US$ 110 milhões (R$ 430 milhões) a US$ 428 milhões (R$ 1,67 bilhão) por ano.

Justiça social

Andrew Cuomo, governador de Nova York (AP Photo/Mary Altaffer)

Em discurso sobre seus planos para 2019, Cuomo disse que a legalização da maconha contribuiria para um sistema judiciário mais justo, que não mire as minorias e os afro-americanos. Muitos defensores de descriminalização alegam que as leis contra o uso da substância prejudicam desproporcionalmente as minorias.

“Nós precisamos encerrar as condenações injustas e desnecessárias e o estigma criminal debilitante. Vamos legalizar o uso recreacional da maconha para adultos de uma vez por todas.”

Foi uma mudança de tom em relação ao ano passado, quando Cuomo chegou a dizer que a maconha era uma droga de entrada para substâncias mais pesadas. Agora, ele diz que os fatos mudaram, apontando a legalização em outros estados.

Uma pesquisa da Universidade Quinnipiac divulgada em maio mostra que 63% dos nova-iorquinos apoiam a legalização da maconha.

Já há planos para o uso do dinheiro oriundo da maconha: o problemático sistema de metrô da cidade de Nova York, que precisa de manutenção e melhorias urgentes.  A ideia foi lançada por Mitchell Moss, Kelsey McGuinness e Rachel Wise, do Rudin Center for Transportation Policy & Management, da Universidade de Nova York.

Eles defendem que o sistema de metrô nova-iorquino precisa de uma fonte de receita extra com potencial de crescimento nas próximas décadas, e que não desvie recursos de outros serviços públicos, como educação.

​A vizinha Nova Jersey também avalia se permitirá o uso recreacional de maconha em seu território. O governador Phil Murphy, apoiador da proposta, e líderes do legislativo trabalham em um projeto de lei sobre o tema há meses.

*Fonte: Folha de São Paulo

You may also like
Horóscopo Canábico 2019
Nos EUA, presos serão perdoados por crimes envolvendo maconha
Carcereiro desenvolve vaporizador para detentos nos EUA
Algoritmo português prevê quais os próximos países a legalizar a maconha

Leave a Reply