Em busca de alívio para os sintomas da osteoartrite, pacientes norte-americanos cada vez mais apostam na vaporização de extratos ricos em canabidiol (CBD).

Com a crescente legalização da cannabis nos Estados Unidos, portadores das mais diversas enfermidades estão – finalmente! – tendo a justa chance de se beneficiarem com as propriedades terapêuticas da planta.

Pelo menos é o que sugere um artigo publicado na revista Arthritis Today, que avaliou o uso de maconha entre pacientes com osteoartrite, doença que afeta até 20% da população norte-americana – algo em torno de 50 milhões de pessoas.

Embora existam poucos estudos sobre o uso da erva para alívio da dor da osteoartrite nos EUA, há evidências de que o sistema endocanabinoide interage muito bem ao THC e CBD, conforme explicam os pesquisadores:

“Há várias décadas, cientistas descobriram que os mamíferos – incluindo humanos – possuem um sistema de regulação da dor (o sistema endocanabinoide) com receptores no tecido do sistema nervoso, células imunes e tecidos ósseos e articulares. Esses receptores respondem aos canabinoides, um conjunto de compostos que incluem endocanabinoides, que o corpo cria sozinho; e fito-canabinoides, compostos à base de plantas encontrados na maconha e que são muito semelhantes aos endocanabinoides.”

Evidências científicas

O artigo também faz referência a quatro diferentes ensaios clínicos randomizados envolvendo placebos. Em 2011, o British Journal of Clinical Pharmacology revisou outras 18 pesquisas semelhantes e determinou que cepas de maconha fumadas, vaporizadas, topicamente aplicadas, comestíveis e até mesmo sintéticas proporcionam alívio das dores crônicas, sem causarem efeitos colaterais negativos mensuráveis.

[gdlr_stunning_text background_color=”#f3f3f3″ button=”CLIQUE AQUI” button_link=”http://shrsl.com/1bgyi” button_background=”#94d64f” button_text_color=”#ffffff” button_border_color=”#6fac2f” title=”Quer desconto para comprar um vape novo?” title_color=”#94d64f” caption_color=”#a0a0a0″]Utilize o código MARY5 e garanta 5% OFF no seu vape![/gdlr_stunning_text]

 

A erva mostrou-se  muito promissora no tratamento da osteoartrite. “As articulações têm um complexo sistema endocanabinoide e são capazes de produzir seus próprios endocanabinoides. Mas, com a presença da doença, essas substâncias são quebradas muito rapidamente, então elas não podem ajudar com as dores nas juntas”, declarou Jason J. McDougall, PhD e professor associado dos departamentos de farmacologia e anestesia da Universidade de Dalhousie, no Canadá.

Durante uma pesquisa ainda não publicada, McDougall e seus colegas descobriram que, ao bloquear certas enzimas ou injetar canabinoides na articulação, a sensibilidade e a dor são reduzidas, levando os cientistas a especularem que tratamentos com cannabis representam uma nova esperança para quem sofre com a osteoartrite.

Vaporizar CBD ajuda a combater as dores da osteoartrite

Vaporizar cepas de cannabis ricas em canabidiol (CBD) – ou extratos feitos a partir destas flores – parece ser um dos métodos de consumo mais eficazes na hora de combater as dores causadas pela osteoartrite. Além disso, também existem indícios de que a vaporização intensifica os efeitos dos canabinoides.

Também no Canadá, o estudo intitulado CAPRI (Cannabinoid Profile Investigation of Vapourized Cannabis in Patients with Osteoarthritis of the Knee) está medindo e comparando seis diferentes variedades de cannabis consumidas por portadores de osteoartrite nos joelhos através de um vaporizador Volcano.

Conduzido por pesquisadores das universidades McGill e Dalhousie, o levantamento busca avaliar os efeitos de diferentes dosagens de THC e CBD, além de suas possíveis vantagens (e/ou desvantagens), nestes pacientes. Os resultados serão divulgados apenas em meados de 2019.

As strains ricas em canabidiol (CBD) produzem uma série de benefícios à saúde e, de quebra, não provocam a “chapação” típica do THC. Dessa forma, é compreensível que cada vez mais portadores de artrite busquem o CBD para auxiliar no controle dos sintomas da doença, evitando os efeitos colaterais psicotrópicos.

Para completar, também existem evidências de que a vaporização consiste em um dos melhores métodos para consumir CBD, devido a rapidez, eficácia e maior biodisponibilidade do canabinoide no organismo (se comparado à ingestão). Clique aqui para saber mais a respeito.

[gdlr_stunning_text background_color=”#f3f3f3″ button=”VAPORIZE JÁ” button_link=”https://shareasale.com/r.cfm?b=1053608&u=1849402&m=73831&urllink=www%2Enamastevapes%2Ecom%2Ebr%2F&afftrack=” button_background=”#94d64f” button_text_color=”#ffffff” button_border_color=”#6fac2f” title=”Que tal começar a reduzir danos agora?” title_color=”#94d64f” caption_color=”#a0a0a0″]Conheça os vaporizadores mais incríveis do mercado! [/gdlr_stunning_text]

 

Inscreva-se em nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Você se inscreveu com sucesso

Inscreva-se em nossa newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades diretamente em seu e-mail

Você se inscreveu com sucesso