CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo sobre psicoterapia com MDMA avança nos EUA

Estudo sobre psicoterapia com MDMA avança nos EUA

/

Entidades norte-americanas arrecadam fundos para financiar pesquisa sobre uso MDMA em casos de transtorno de estresse pós-traumático.

Defensores das terapias psicodélicas arrecadaram US$ 30 milhões em doações para financiar estudo sobre psicoterapia assistida por MDMA nos Estados Unidos.

Os fundos arrecadados tem como objetivo financiar a fase final do estudo necessário para que o tratamento com MDMA seja aprovado pela Food and Drug Administration (FDA).

A iniciativa – chamada Campanha Capstone – surgiu através da parceria entre a Multidisciplinary Association for Psychedelic Studies (MAPS) Psychedelic Science Funders Collaborative (PSFC).

MDMA X TEPT

Muito utilizada no contexto de festas, a substância pode auxiliar no tratamento do estresse pós-traumático (TEPT). No início de 2020, uma análise independente da pesquisa – que é coordenada pela MAPS – concluiu que a probabilidade de sucesso dos testes é alta.

Se bem-sucedida, esta seria a primeira psicoterapia psicodélica assistida a obter a aprovação do FDA.

A Campanha Capstone fornece os fundos necessários para que a MAPS conclua os ensaios clínicos de Fase 3 nos EUA, Canadá e Israel, possibilitando a aprovação do FDA para psicoterapia assistida por MDMA como tratamento para TEPT.

Medicina psicodélica

“Ganhar a aprovação do FDA da terapia assistida por MDMA para TEPT poderia ajudar milhões de pessoas, e isso por si só é um impacto de alcance global”, declarou Joe Green, empreendedor social e cofundador do PSFC, em comunicado de imprensa.

“Também acreditamos que este pode ser um ponto de inflexão para a medicina psicodélica em geral, levando a um entendimento comum de que a terapia psicodélica tem o potencial de ajudar a tratar muitas das crises de saúde mental definidoras de nosso tempo.”

A MAPS tem uma longa história de pesquisa e educação sobre o potencial benéfico da medicina psicodélica. A MAPS Public Benefit Corporation (MAPS PBC), uma subsidiária integral da MAPS, conduz estudos clínicos patrocinados pela MAPS de psicoterapia assistida por MDMA desde 2014.

Doações

A Campanha Capstone atraiu mais de 2.500 contribuições individuais, variando de US$ 1 dólar a US $ 5 milhões. Os doadores possuem origens, setores e motivações variados, incluindo o fundador da GoDaddy e PXG, e sua esposa Renee Parsons, presidente e diretora de criação da PXG Apparel, que doaram os $ 2 milhões finais que encerraram a campanha.

Parsons é um veterano da Guerra do Vietnã do Corpo de Fuzileiros Navais que pessoalmente lutou e continua a lutar contra o transtorno de estresse pós-traumático.

“Existem milhões de pessoas com TEPT apenas nos Estados Unidos – e isso inclui veteranos como eu, e também aqueles que estão na linha de frente da pandemia de COVID-19, além de sobreviventes de agressão sexual e violência doméstica. Todos eles merecem opções de tratamento melhores e significativamente mais eficazes do que as que oferecemos hoje. É disso que trata esta pesquisa”, completou Parsons.

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Estudo: extrato de cânhamo promove perda de peso
Brasil tem sua primeira empresa de inovação em medicina psicodélica
Maconha pode aumentar a vontade de se exercitar, sugere estudo

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.