CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Estudo sobre psicoterapia com MDMA avança nos EUA

Estudo sobre psicoterapia com MDMA avança nos EUA

Entidades norte-americanas arrecadam fundos para financiar pesquisa sobre uso MDMA em casos de transtorno de estresse pós-traumático.

Defensores das terapias psicodélicas arrecadaram US$ 30 milhões em doações para financiar estudo sobre psicoterapia assistida por MDMA nos Estados Unidos.

Os fundos arrecadados tem como objetivo financiar a fase final do estudo necessário para que o tratamento com MDMA seja aprovado pela Food and Drug Administration (FDA).

A iniciativa – chamada Campanha Capstone – surgiu através da parceria entre a Multidisciplinary Association for Psychedelic Studies (MAPS) Psychedelic Science Funders Collaborative (PSFC).

MDMA X TEPT

Muito utilizada no contexto de festas, a substância pode auxiliar no tratamento do estresse pós-traumático (TEPT). No início de 2020, uma análise independente da pesquisa – que é coordenada pela MAPS – concluiu que a probabilidade de sucesso dos testes é alta.

Se bem-sucedida, esta seria a primeira psicoterapia psicodélica assistida a obter a aprovação do FDA.

A Campanha Capstone fornece os fundos necessários para que a MAPS conclua os ensaios clínicos de Fase 3 nos EUA, Canadá e Israel, possibilitando a aprovação do FDA para psicoterapia assistida por MDMA como tratamento para TEPT.

Medicina psicodélica

“Ganhar a aprovação do FDA da terapia assistida por MDMA para TEPT poderia ajudar milhões de pessoas, e isso por si só é um impacto de alcance global”, declarou Joe Green, empreendedor social e cofundador do PSFC, em comunicado de imprensa.

“Também acreditamos que este pode ser um ponto de inflexão para a medicina psicodélica em geral, levando a um entendimento comum de que a terapia psicodélica tem o potencial de ajudar a tratar muitas das crises de saúde mental definidoras de nosso tempo.”

A MAPS tem uma longa história de pesquisa e educação sobre o potencial benéfico da medicina psicodélica. A MAPS Public Benefit Corporation (MAPS PBC), uma subsidiária integral da MAPS, conduz estudos clínicos patrocinados pela MAPS de psicoterapia assistida por MDMA desde 2014.

Doações

A Campanha Capstone atraiu mais de 2.500 contribuições individuais, variando de US$ 1 dólar a US $ 5 milhões. Os doadores possuem origens, setores e motivações variados, incluindo o fundador da GoDaddy e PXG, e sua esposa Renee Parsons, presidente e diretora de criação da PXG Apparel, que doaram os $ 2 milhões finais que encerraram a campanha.

Parsons é um veterano da Guerra do Vietnã do Corpo de Fuzileiros Navais que pessoalmente lutou e continua a lutar contra o transtorno de estresse pós-traumático.

“Existem milhões de pessoas com TEPT apenas nos Estados Unidos – e isso inclui veteranos como eu, e também aqueles que estão na linha de frente da pandemia de COVID-19, além de sobreviventes de agressão sexual e violência doméstica. Todos eles merecem opções de tratamento melhores e significativamente mais eficazes do que as que oferecemos hoje. É disso que trata esta pesquisa”, completou Parsons.

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.

You may also like
Mercado de CBD vê ameaça após decisão do STJ sobre rol da ANS
Estudo brasileiro demonstra eficácia da cannabis contra superbactérias
Maconha pode ser alternativa para tratar artrite e dor nas costas
Estudo: usuários de psicodélicos sofreram menos estresse na pandemia

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.