CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > BRASIL > Justiça concede aval para plantação de maconha por associação de pacientes

Justiça concede aval para plantação de maconha por associação de pacientes

/

A juíza Andrea Barrea, do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu aval para a plantação de maconha por associação de pacientes com habeas corpus coletivo, que resguarda os direitos de um determinado grupo, segundo divulgado pela Folha de S.Paulo.

A medida foi concedida à Cultive – Associação de Cannabis e Saúde, com sede na capital paulista.

Com a licença, as Polícias Civil e Militar não poderão prender em flagrante os seus 21 associados, seja pelo plantio, produção de medicamentos à base de canabis ou por fornecer mudas da planta a seus associados.

A Cultive também conseguiu a proibição da apreensão de equipamentos e componentes da canabis. A medida vale desde a última sexta-feira (8).

Ainda de acordo com a reportagem, todos os associados têm laudos médicos que comprovam a necessidade do uso de substâncias da maconha para tratamentos contra epilepsia, dores crônicas, autismo e doença de Parkinson.

*Fonte: IstoÉ Dinheiro

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
You may also like
Cinemas do Ceará serão obrigados a exibir vídeos proibicionistas antes de todas as sessões
7 plantas proibidas no Brasil (além da maconha!)
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha
Caso APEPI: Justiça ordena ação policial em fazenda de maconha para fins medicinais

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.