CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > CURIOSIDADES > Degustação canábica: conheça os 3 principais sabores da maconha

Degustação canábica: conheça os 3 principais sabores da maconha

/

Espalhe a boa !

Aprenda a reconhecer os principais sabores da maconha e eleve seus sentidos para além da chapação. 

Muito além dos efeitos da fumaça, a cannabis propicia uma experiência sensorial cada vez mais valorizada pelos usuários, que buscam reconhecer os diferentes sabores da maconha da mesma forma que sommeliers fazem com vinhos.

Um pouco desta complexidade aromática da erva pode ser conhecida através da inédita RODA DE SABORES DA CANNABIS, que lançamos no início de abril em comemoração aos 9 anos do Maryjuana.

Antes de apresentarmos aqui os 3 principais sabores da maconha, cabe uma breve explicação sobre os terpenos, que são os óleos essenciais responsáveis pelos cheiros e gostos da cannabis (e de todas as demais espécies vegetais).

Secretados pelas mesmas glândulas que produzem canabinoides, os terpenos também são repletos de efeitos terapêuticos e ajudam a determinar o tipo de brisa de cada strain.

♦♦♦

Terpenos mais comuns

Mas, embora exista uma enorme quantidade de genéticas canábicas disponíveis no mercado, os sabores da maconha parecem não variar com a mesma intensidade entre elas.

E é óbvio que não somos nós que estamos afirmando isso (embora nossas valiosas experiências de degustação levem a concluir algo semelhante), mas sim a ciência.

Em 2020, um estudo publicado na revista Cannabis and Cannabinoid Research chamava atenção justamente para o fato de não haver, de fato, muita diversidade nos perfis químicos das diferentes cepas de maconha.

Segundo os pesquisadores, “a variabilidade muito limitada nos perfis químicos mostra que a maioria dessas strains, embora nomeadas de forma diferente, são quase iguais ou pelo menos muito semelhantes”.

Em relação aos terpenos, os pesquisadores identificaram três mais comuns, representando 59%, 33% e 8% de todas as amostras – ou seja, mircenoterpinoleno limoneno, respectivamente.

Cada um destes terpenos refere-se a um dos sabores da maconha listados a seguir.

♦♦♦

Confira os 3 principais sabores da maconha

1- Frutado

Um dos terpenos mais abundantes na maconha, o mirceno é o responsável pelas notas frutadas e adocicadas comum a diversas strains.

Vale lembrar que as notas frutadas na cannabis podem variar muito, com destaque para frutas vermelhas e frutas tropicais, incluindo manga, banana e morango, entre outras que você confere baixando agora a RODA DE SABORES DA CANNABIS.

OG Kush, Blue Dream, White Widow e Special Kush são alguns exemplos de genéticas que ricas em mirceno e que, portanto, possuem sabor mais frutado.

2- Amadeirado

As notas amadeiradas também são muito comuns na maconha devido à grande presença de terpinoleno, terpeno que também se destaca em plantas como pinheiros, tea tree, cominho, noz-moscada, alecrim e sálvia, só para citar algumas.

As strains de predominância Sativa são geralmente abundantes neste terpeno, incluindo a lendária Jack Herer. Outros exemplos de genéticas com notas amadeiradas são Ghost Train Haze, Dutch Treat, Golden Pineapple, XJ-13 e Orange Cookies, entre outras.

3- Cítrico

Para fechar, muitas genéticas canábicas se destacam pelas notas cítricas de aroma e sabor, que podem variar entre toques de limão, laranja, tangerina e limão-siciliano, entre outras descritas na RODA DE SABORES DA CANNABIS. 

Strawberry Banana, Wedding Cake e Tahoe OG são alguns exemplos de strains que se destacam pelo sabor cítrico.

**Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.
You may also like
Baixe agora: RODA DE SABORES DA CANNABIS

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.