CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > MUNDO > Conheça as 10 strains mais vendidas em Washington e Colorado

Conheça as 10 strains mais vendidas em Washington e Colorado


Um dos locais mais legalizados do mundo, o Colorado permite o uso recreativo de maconha desde 2014. Disponível em lojas por todas as partes, a erva – e seus muitos concentrados e derivados – tem ajudado a movimentar um dos mercados mais promissores de que se tem notícia em muito tempo. Só em 2015, por exemplo, as lojas de maconha do estado norte-americano movimentaram US$ 996 milhões.  Na mesma linha, Washington também já legalizou geral desde 2014, a partir de quando as transações canábicas não pararamm de crescer.

Disposta a analisar este enfumaçado nicho, a empresa de pesquisa mercadológica BDS Analytics elaborou um estudo com base em dados de mais de 20 milhões de vendas de maconha destinadas a uso recreativo e medicinal em ambos os estados.

Dentre os pontos mais interessantes listados pelos pesquisadores – sobretudo para quem cultiva – está a relação das 10 variedades de maconha mais consumidas em cada um dos estados em 2015:

coloradoewsahington

Primeiro lugar absoluto nos dois estados, a Blue Dream consiste numa cruza de Blueberry (indica) com Haze (sativa), criada pela Humboldt Seed Organization, da Califórnia. Repleta de propriedades medicinais, não por acaso ela foi um dos destaques entre as sete strains para combater a tensão pré-menstrual (TPM).

As demais variedades não apresentaram a menor correlação e poucas coincidências, como a Sour Diesel, híbrida de origens misteriosas – e efeitos típicos das potentes sativas – que também já foi listada entre as oito strains para fumar ao despertar.

Outra tendência apontada pelo estudo foi o crescimento expressivo de categorias como concentrados e produtos comestíveis:

FullSizeRender (12)

Clique aqui para ver o levantamento da BDS Analytics na íntegra.

*Foto: 420 Magazine

You may also like
Governador de Nevada propõe perdão aos condenados por porte de maconha
High Times inaugura rede de dispensários em Michigan, nos EUA
Ação judicial pretende forçar a DEA a reclassificar a cannabis nos EUA
Estados com cannabis legal registram menos problemas relacionados ao vaping nos EUA

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.