CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > SAÚDE > Novo estudo sugere eficácia da cannabis no tratamento de Parkinson

Novo estudo sugere eficácia da cannabis no tratamento de Parkinson

Doença degenerativa que costuma se instalar de forma lenta, o Parkinson possui diversos sintomas, incluindo tremores, rigidez muscular e dificuldade de coordenação. 

Para combater o distúrbio – mais comum em idosos – a cannabis é uma boa opção de remédio natural, conforme atesta um novo estudo veiculado na revista Experimental & Molecular Medicine.

Realizada por cientistas da Coreia, a pesquisa avaliou os efeitos da administração de canabinoides em ratos com Parkinson por indução.

“Os resultados sugerem que a ativação do sistema endocanabinoide pode ser benéfica para o tratamento de doenças neurodegenerativas – como o Parkinson – que estão associados com a ativação de células do sistema nervoso central (glias)”, afirma o resumo do estudo.

Esta não é a primeira vez que cientistas apontam os benefícios da maconha para pacientes de Parkinson. Clique aqui para conhecer outros estudos semelhantes.

You may also like
Estudo aponta que maconha reduz a dor, mas piora o autocuidado
Colômbia autoriza uso industrial da maconha e sua exportação com fins terapêuticos
Estudo: extrato de cânhamo promove perda de peso
78% dos brasileiros são favoráveis ao uso terapêutico da maconha

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.