CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTIVO > Como plantar maconha indoor no verão: 10 dicas infalíveis!

Como plantar maconha indoor no verão: 10 dicas infalíveis!

/

Festejada por muitos, a chegada do verão impõe uma série de desafios para os cultivadores, principalmente aqueles que são adeptos de plantar maconha indoor.

Dias mais longos, temperaturas que não param de subir e o sol quente bombando lá fora.

Não é à toa que a estação mais quente do ano motiva muitos jardineiros a investirem no cultivo outdoor de maconha.

Em muitos casos, o excesso de calor e umidade típicos da temporada podem dificultar – ou, até mesmo, impedir completamente – os cultivos indoor, sobretudo em locais que não possuem sistema de ar condicionado.

Mas, calma…

Não é preciso desistir da nobre missão de cultivar sua própria erva só porque estamos em pleno & impiedoso verão.

Antes de se desesperar e apagar as lâmpadas do grow, saiba que, sim, é possível contornar os impactos do excesso de calor e colher excelentes flores em qualquer estação.

A seguir, confira 10 dicas para te ajudar a ter sucesso ao plantar maconha indoor no verão:

1- Ligue as lâmpadas durante a noite

Ao plantar maconha indoor no verão, programe o acionamento do sistema de iluminação para o período noturno, quando as temperaturas estão mais baixas.

Neste caso, redobre a atenção à segurança e observe se não há luminosidade “escapando” para fora através de frestas e janelas, o que poderia chamar a atenção de vizinhos e curiosos.

Também é necessário vedar a área de cultivo para que não exista incidência de luz sobre os vasos durante o período no escuro, especialmente durante a flora, o que poderia retardar o desenvolvimento das plantas, levando a um indesejado processo de revegetação.

2- Posicione o grow no lugar mais fresco da casa

 

Ao escolher um local da casa para instalar o seu cultivo indoor de cannabis no verão, dê preferência aos cômodos mais sombreados e frescos.

Evite salas e espaços nos quais o sol incide diretamente nas horas mais quentes do dia.

É possível ainda isolar forros e paredes com mantas térmicas encontradas em lojas de artigos para casa.

3- Aposte no LED

Sem dúvida, os painéis de LED são a melhor opção de iluminação ao plantar maconha indoor no verão.

Se comparados com as lâmpadas do tipo HQI e HPS, os LED’s emitem menos calor, ajudando a controlar a temperatura no interior do quarto ou tenda de cultivo.

4- Considere um cooltube

Os jardineiros que contam somente com iluminação através das tradicionais lâmpadas de vapor de sódio (HPS), podem apostar em um cooltube para ajuda a controlar a temperatura do grow.

Espécie de refletor, o cooltube possui uma estrutura em vidro que envolve a lâmpada e deve ser ligada a um extrator de ar para tirar o calor de dentro da área de cultivo.

5- Redobre a atenção com as pragas

O controle de pragas deve ser intensificado no verão, uma vez que a elevação da temperatura e umidade é favorável à rápida proliferação de pragas e fungos.

Mantenha o ambiente de cultivo sempre limpo e

6- Capriche na ventilação e exaustão

Manter o fluxo de ar constante é fundamental para o sucesso do cultivo indoor de cannabis em qualquer estação, em especial no verão.

Embora os exaustores e ventiladores não sejam capazes de baixar a temperatura em si, eles mantêm a circulação e renovação do ar, o que é essencial para manter a saúde das plantinhas durante os dias mais quentes, quando aumenta o consumo de dióxido de carbono (CO2).

7- Selecione as strains mais adequadas

Se possível, opte pelas genéticas canábicas mais resistentes e adaptadas ao clima quente e úmido, típico do verão brasileiro.

Lembre-se que, com um boa variedade em mãos, as chances de colheitas fartas e resinadas são sempre maiores em qualquer estação do ano.

8- Adicione silício

Regar as plantas com algum suplemento à base de silício é especialmente indicado durante o verão.

Acredita-se que o nutriente é capaz de controlar o metabolismo celular, reduzindo o estresse ocasionado pelas altas temperaturas, excesso de umidade ou seca.

9- Estude – e ajuste – o VPD

Eis aqui um tema que os cultivadores de cannabis devem estudar com afinco: a relação entre umidade X temperatura, chamado de VPD (vapor pressure deficit).

Na Internet, existem diversas versões da tabela com valores de referência do VPD.

Mas, de modo geral, para evitar o estresse das plantas é preciso elevar a umidade relativa do ar na medida em que aumenta a temperatura.

Neste caso, é possível utilizar umidificadores de ar, incluindo as versões ultrassônicas, que emitem vapores frios – que não só ajudam a equilibrar o VPD, mas também reduzem o calor dentro do grow.

Por outro lado, pode ser preciso reduzir a umidade, utilizando para isso equipamentos desumidificadores – ou improvisando com métodos mais caseiros, como por exemplo o carvão, que reduz o excesso de água do ar quando espalhado próximo aos vasos.

10- Ar condicionado

É claro que, para quem pode, a melhor solução para contornar as altas temperaturas é investir em um sistema de ar condicionado.

Bastante eficiente, as únicas desvantagens aqui são os custos de aquisição e instalação dos equipamentos, isso sem falar no acréscimo na conta de eletricidade.

E você, conhece mais alguma estratégia para aprimorar o cultivo indoor de cannabis durante o verão? Então deixe aquele salve nos comentários ou em nossas redes sociais!

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.
You may also like
Como plantar maconha: tudo o que você precisa saber para começar já!
9 dicas para fumar maconha na praia
As 10 praias mais legalizadas do Brasil (3ª ed.)
Justiça de MG autoriza pai a plantar maconha para uso medicinal do filho

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.