CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > CULTIVO > Como plantar maconha indoor no verão: 10 dicas infalíveis!

Como plantar maconha indoor no verão: 10 dicas infalíveis!


Festejada por muitos, a chegada do verão impõe uma série de desafios para os cultivadores, principalmente aqueles que são adeptos de plantar maconha indoor.

Dias mais longos, temperaturas que não param de subir e o sol quente bombando lá fora.

Não é à toa que a estação mais quente do ano motiva muitos jardineiros a investirem no cultivo outdoor de maconha.

Em muitos casos, o excesso de calor e umidade típicos da temporada podem dificultar – ou, até mesmo, impedir completamente – os cultivos indoor, sobretudo em locais que não possuem sistema de ar condicionado.

Mas, calma…

Não é preciso desistir da nobre missão de cultivar sua própria erva só porque estamos em pleno & impiedoso verão.

Antes de se desesperar e apagar as lâmpadas do grow, saiba que, sim, é possível contornar os impactos do excesso de calor e colher excelentes flores em qualquer estação.

A seguir, confira 10 dicas para te ajudar a ter sucesso ao plantar maconha indoor no verão:

1- Ligue as lâmpadas durante a noite

Ao plantar maconha indoor no verão, programe o acionamento do sistema de iluminação para o período noturno, quando as temperaturas estão mais baixas.

Neste caso, redobre a atenção à segurança e observe se não há luminosidade “escapando” para fora através de frestas e janelas, o que poderia chamar a atenção de vizinhos e curiosos.

Também é necessário vedar a área de cultivo para que não exista incidência de luz sobre os vasos durante o período no escuro, especialmente durante a flora, o que poderia retardar o desenvolvimento das plantas, levando a um indesejado processo de revegetação.

2- Posicione o grow no lugar mais fresco da casa

 

Ao escolher um local da casa para instalar o seu cultivo indoor de cannabis no verão, dê preferência aos cômodos mais sombreados e frescos.

Evite salas e espaços nos quais o sol incide diretamente nas horas mais quentes do dia.

É possível ainda isolar forros e paredes com mantas térmicas encontradas em lojas de artigos para casa.

3- Aposte no LED

Sem dúvida, os painéis de LED são a melhor opção de iluminação ao plantar maconha indoor no verão.

Se comparados com as lâmpadas do tipo HQI e HPS, os LED’s emitem menos calor, ajudando a controlar a temperatura no interior do quarto ou tenda de cultivo.

4- Considere um cooltube

Os jardineiros que contam somente com iluminação através das tradicionais lâmpadas de vapor de sódio (HPS), podem apostar em um cooltube para ajuda a controlar a temperatura do grow.

Espécie de refletor, o cooltube possui uma estrutura em vidro que envolve a lâmpada e deve ser ligada a um extrator de ar para tirar o calor de dentro da área de cultivo.

5- Redobre a atenção com as pragas

O controle de pragas deve ser intensificado no verão, uma vez que a elevação da temperatura e umidade é favorável à rápida proliferação de pragas e fungos.

Mantenha o ambiente de cultivo sempre limpo e

6- Capriche na ventilação e exaustão

Manter o fluxo de ar constante é fundamental para o sucesso do cultivo indoor de cannabis em qualquer estação, em especial no verão.

Embora os exaustores e ventiladores não sejam capazes de baixar a temperatura em si, eles mantêm a circulação e renovação do ar, o que é essencial para manter a saúde das plantinhas durante os dias mais quentes, quando aumenta o consumo de dióxido de carbono (CO2).

7- Selecione as strains mais adequadas

Se possível, opte pelas genéticas canábicas mais resistentes e adaptadas ao clima quente e úmido, típico do verão brasileiro.

Lembre-se que, com um boa variedade em mãos, as chances de colheitas fartas e resinadas são sempre maiores em qualquer estação do ano.

8- Adicione silício

Regar as plantas com algum suplemento à base de silício é especialmente indicado durante o verão.

Acredita-se que o nutriente é capaz de controlar o metabolismo celular, reduzindo o estresse ocasionado pelas altas temperaturas, excesso de umidade ou seca.

9- Estude – e ajuste – o VPD

Eis aqui um tema que os cultivadores de cannabis devem estudar com afinco: a relação entre umidade X temperatura, chamado de VPD (vapor pressure deficit).

Na Internet, existem diversas versões da tabela com valores de referência do VPD.

Mas, de modo geral, para evitar o estresse das plantas é preciso elevar a umidade relativa do ar na medida em que aumenta a temperatura.

Neste caso, é possível utilizar umidificadores de ar, incluindo as versões ultrassônicas, que emitem vapores frios – que não só ajudam a equilibrar o VPD, mas também reduzem o calor dentro do grow.

Por outro lado, pode ser preciso reduzir a umidade, utilizando para isso equipamentos desumidificadores – ou improvisando com métodos mais caseiros, como por exemplo o carvão, que reduz o excesso de água do ar quando espalhado próximo aos vasos.

10- Ar condicionado

É claro que, para quem pode, a melhor solução para contornar as altas temperaturas é investir em um sistema de ar condicionado.

Bastante eficiente, as únicas desvantagens aqui são os custos de aquisição e instalação dos equipamentos, isso sem falar no acréscimo na conta de eletricidade.

E você, conhece mais alguma estratégia para aprimorar o cultivo indoor de cannabis durante o verão? Então deixe aquele salve nos comentários ou em nossas redes sociais!

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.
You may also like
As 10 praias mais legalizadas do Brasil (3ª ed.)
Ebook gratuito orienta cultivadores de maconha sobre lei de drogas
Justiça de MG autoriza pai a plantar maconha para uso medicinal do filho
Justiça autoriza paciente a plantar maconha em Porto Alegre

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.