CONTEÚDO JORNALISTÍCO PARA MAIORES DE 18 ANOS
Home > NOTÍCIAS > SOCIEDADE > Pesquisa: 70% dos canabistas não sabem o que são terpenos

Pesquisa: 70% dos canabistas não sabem o que são terpenos


Responsáveis pelo aroma da cannabis, os terpenos ainda são desconhecidos pela maior parte dos canabistas, de acordo com pesquisa realizada nos Estados Unidos.

Realizado pela consultoria Oasis Intelligence, o levantamento mostra que 70% dos consumidores de cannabis dos Estados Unidos não estão familiarizados com os termos “terpenos” e “efeito comitiva”.

Sendo assim, a necessidade de educação canábica é ainda mais urgente, conforme aponta Laura Albers, co-fundadora da empresa.

“Quando se trata do consumidor médio, vemos que as necessidades de educação não são sobre tópicos mais avançados que a indústria pode priorizar – mas sim sobre terpenos, canabinoides ganhando popularidade ou até mesmo o sistema endocanabinoide”, declarou Albers ao site The Fresh Toast.

Além disso, a pesquisa descobriu ainda que metade dos consumidores usa cannabis por razões de saúde e bem-estar, enquanto um em cada cinco não faz distinção entre o uso de cannabis para saúde, bem-estar e lazer.

Quase metade dos consumidores – 48% – consumiu cannabis pela última vez com outra pessoa, parceiro ou amigo, e esses vínculos parecem impulsionar a forma como os consumidores obtêm suas informações, uma vez que 43% dos entrevistados declararam que os amigos eram sua fonte “número um” para obter informações sobre cannabis.

Para completar, um em cada quatro entrevistados ​​disse que sua última compra de maconha foi realizada através de um membro da família.

Outros 22% disseram que a recomendação dos amigos é o “principal fator” para experimentar um novo produto.

A Oasis Intelligence observa que o estudo ocorreu pouco antes da pandemia de coronavírus e, naquela época, amigos e familiares “eram uma fonte mais provável de comprar maconha do que serviços de entrega”.

Pouco mais da metade dos entrevistados (51%) disse que procurava a maconha para tratar a ansiedade, enquanto 44% a usa para ajudar na depressão e, outros 31%, na insônia.

*Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.

You may also like
Mais 4 estados norte-americanos votarão uso recreativo de maconha
Brasileira lança incubadora e concurso para projetos canábicos inovadores
Estudo: maconha melhora a qualidade de vida dos idosos
Estudo: uso de maconha não aumenta o risco de pneumonia

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.